Como fazer rapport

Em primeiro lugar você precisa sabe que o rapport acontece naturalmente e é uma técnica que pode ser observada, aprendida e executada conscientemente. O que vou explicar nesse post você já faz em alguns momentos da vida, mas talvez não seja consciente para você que isso exista.

 

O Segredo da técnica de Rapport

Rapport significa se comunicar com as pessoas em seu nível (sua forma de comunicação preferencial) e usar sua a linguagem verbal e não-verbal para entregá-las idéias que elas não teriam entendido se tivessem sido apresentadas de outra forma.

O rapport é a capacidade de entrar “no mundo” do outro e construir uma conexão entre você.

É a arte de obter o apoio e a colaboração de outras pessoas para alcançar um objetivo comum, algo que é importante para o crescimento de todos os envolvidos.

Rapport é um relacionamento marcado percepção, mesma direção ou similaridade. Se houver relacionamento, a resistência desaparecerá automaticamente. Rapport significa estabelecer um contato profundo com o inconsciente da outra pessoa. Dizemos coisas como: “Estávamos no mesmo comprimento de onda”. “Havia um entendimento mútuo entre nós.” ou “Nós gostamos um do outro”.

O rapport é muito importante em termos de confiança, nós todos precisamos disso.

  • Um médico precisa da confiança de seus pacientes.
  • Um vendedor precisa da confiança de seus clientes.
  • Uma mãe precisa da confiança de um filho.
  • Um amigo precisa de confiança do outro.
  • Uma pessoa que você acabou de conhecer precisa da sua confiança e você precisa da dela.

 

Você já parou para pensar que muitos problemas em nossas interações diárias são sobre confiança?

A PNL examina cuidadosamente como essa confiança é estabelecida e o que podemos contribuir para torná-la mais profunda, mais intensa e mais verdadeira.

 

Como é criada essa confiança?

Pessoas gostam de pessoas que são como elas mesmas. Uma vez que encontramos um terreno comum em uma conversa, o diálogo flui naturalmente.

A PNL descobriu que essa semelhança não se refere apenas aos tópicos da conversa, mas principalmente à linguagem corporal.

Pessoas que gostam um do outro e têm um contato profundo inconscientemente ajustam seu comportamento um ao outro de forma natural, sem pensar.

A magia está em usar esse fenômeno ao contrário: ao ajustar seu comportamento, você aprofunda o relacionamento com a outra pessoa. Isso é chamado de espelhamento na PNL.

 

Espelhamento e ritmo

Espelhar significa adaptar o corpo em termos de:

  • postura,
  • gestos,
  • respiração,
  • expressões faciais,
  • movimento ou mudança de peso,
  • tensões musculares,
  • velocidade da fala,
  • ritmo,
  • tom de voz,
  • palavras usadas, etc

 

Respondemos como um espelho a tudo o que podemos ver. Estimular significa associar toda a gama de expressões visuais e auditivas à outra pessoa.

Uma forma especial de espelhamento é conhecida como “espelhamento cruzado”.

Nesse caso, uma característica da outra pessoa é refletida por outra característica, por exemplo, respiração pelos movimentos dos dedos, braços cruzados pelas pernas cruzadas, ritmos de fala pelos movimentos da cabeça, etc.

 

O significado da linguagem corporal

Depois de combinar a outra pessoa por um tempo e estabelecer um relacionamento, podemos começar a liderar e mudar a direção da comunicação.

Liderar significa levar alguém a um determinado objetivo ou resultado com base no relacionamento e em termos do princípio de ganho mútuo.

A liderança também oferece uma oportunidade para verificar se um relacionamento de confiança foi estabelecido.

Se o rapport estiver estabelecido, a outra pessoa seguirá inconscientemente minha liderança depois de um curto período de tempo. Se isso não acontecer, preciso voltar à correspondência. Acompanhe, acompanhe, acompanhe e depois lidere ou conduza.

Esse método me permite levar alguém de um estado emocional ruim a um estado melhor, por exemplo.

 

Congruência e incongruência

Quando todos os três canais se encaixam, também dizemos que somos congruentes. Se as mensagens não se encaixam, chamamos isso de incongruência entre os mapas.

Nesse caso, dê atenção na seguinte ordem:

  • linguagem corporal,
  • depois nas qualidades vocais,
  • na palavra falada

 

Alguns pesquisadores da linguagem corporal dizem algo que vai te fazer pensar nesse poder de fazer o rapport: “O corpo nunca mente”.

 

Em um famoso estudo, Albert Mehrabian (The Journal of Counseling Psychology, 1967) descobriu que a linguagem corporal representava 55% do efeito ao fazer uma apresentação diante de um grupo. Isso significava que 55% do poder de persuasão repousava na postura, gestos, expressões faciais, contato visual e outros fatores da linguagem corporal. 38% do efeito foi alcançado por modulação vocal e outras características vocais. Apenas 7% foi devido ao conteúdo da apresentação.

 

Algumas conclusões interessantes podem ser tiradas disso: Temos maior influência quando apresentamos mensagens convincentes nos três canais. A linguagem corporal e a voz são muitas vezes subestimadas, portanto, mude isso no seu modo de se comunicar e fará rapport facilmente a partir de hoje.

 

Quebrar rapport aumenta a tensão e rompe elásticos, estabelecer rapport, alivia a tensão dos elásticos. Veja mais clicando aqui.

 

Pouquíssimas pessoas sabem fazer isso no mundo todo. Quando você aprende a fazer rapport, já vai sair na frente da grande maioria. Quando você coloca isso em prática, estará fazendo parte de uma pequenina parcela da sociedade.

Reflita: A maioria das pessoas são experts em quebrar o rapport e não em fazê-lo.

 

Gostou desse post? Deixe seu comentário e compartilhe com as pessoas que você sabe que vão se beneficiar com esse aprendizado.


Compartilhe esse post nas suas redes sociais

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Conheça os cursos online para começar agora