Os 7 passos para a modelagem

MODELAR NÃO É COPIAR!

Sempre que você não estiver satisfeito com os resultados que alcançou na sua vida, poderá colocar em prática o processo de cada passo para a modelagem.

Não há nenhum problema em não estar satisfeito com algo. Significa que naquele aspecto sua vida não está andando na velocidade em que você deseja e é preciso mudar. Ficou muito comum e você quer algo mais.

 

O que é a modelagem?

Modelar é um processo de observação e análise da excelência de outra pessoa para que você consiga perceber o que pode ser inserido na sua vida. É como se uma “receita pronta” para algo fosse entregue para você.

Mas isso não é o mais importante.

Quando tem a receita nas mãos poderá alterá-la para combinar ainda mais com a sua realidade. É nesse ponto que está a magia.

Vou listar os 7 passos que você deve seguir para modelar com excelência a maestria de qualquer pessoa.

 

Passo 01

Escolha o Modelo

É preciso identificar no mundo o modelo para aquilo que você deseja.

Você pode escolher quem quiser para modelar, portanto, basta aquela pessoa ter conquistado o resultado que você está desejando.

Nesse primeiro passo, você deve fazer uma lista de necessidades e buscar as pessoas que possam trazer o aprendizado sobre isso para você enquanto você está vivendo a sua vida.

Por exemplo, responda quem você escolheria para modelar nos seguintes aspectos:

  • Uso da tecnologia
  • Inteligência Emocional
  • Relacionamentos
  • Como cuidar dos clientes
  • Cuidado com os filhos
  • Inteligência Financeira
  • Estilo de vida
  • Ser mais leve e mais feliz
  • Como se Alimentar
  • Como criar uma estratégia de trabalho

Essas são algumas áreas em que você pode procurar pessoas que lhe tragam conteúdo relevante através de seus exemplos ou ensinamentos.

 

Passo 02

Descubra as habilidades e recursos

Analise COMO a pessoa faz as coisas.

Todas as pessoas tem uma maneira específica de fazer algo, enquanto contam nas entrelinhas, as habilidades que tem.

Essa lista de habilidades vai lhe auxiliar, principalmente, nos primeiros passos. Um dos grandes problemas é descobrir por onde começar. Olhando para essa lista você terá várias opções.

Além das habilidades, como por exemplo, facilidade de conversar com as pessoas, facilidade com equipamentos e tecnologia, facilidade aprender, enquanto estiver analisando, você precisa também se atentar aos recursos.

É fácil, fique tranquilo. Os recursos internos são a chave para as conquistas e transformações. Analise então, se a pessoa é corajosa, determinada, dedicada, feliz, comprometida, e todos os outros recursos que ela utiliza.

 

Passo 03

Perceba os padrões utilizados por quem você está modelando

Os padrões em um processo de modelagem, são os comportamentos que a pessoa repete várias vezes quando está em busca de algo. Por isso são chamados de padrões.

Por exemplo, a lâmpada elétrica já existe há mais de 100 anos! Thomas Edison tinha padrões que podem ser analisados que lhe deram um título de “talentoso para inventar”.

Ele tinha padrões de inquietude e curiosidade. Isso pode ser modelado, dois comportamentos unidos que formam um terceiro que é a inovação.

Já pensou nessa fórmula?

Inquietude + Curiosidade = Inovação

A história conta que foram mais de 1000 tentativas, porém, para o magnífico Edison, como ele próprio dizia:

“…não eram falhas, eram descobertas de fazer uma lâmpada de mil maneiras diferentes…”

Só mesmo um gênio como Thomas Edison para ensinar-nos também a maneira de valorizar as tentativas até conseguir. Portanto, se você analisar todos os padrões dele, terá caminhos que te direcionam para a genialidade, caso você coloque em prática.

Isso é assustadoramente poderoso, e ao mesmo tempo incrivelmente possível.

 

Passo 04

Ajuste as habilidades e padrões para a sua subjetividade na modelagem

Para mim, esse é o passo mais importante. Ele faz com que você não vire uma cópia de ninguém. É muito estranho quando uma pessoa copia alguém e muda totalmente o seu jeito de ser.

Portanto, preste atenção, modelagem não é cópia, é a adição das melhores caraterísticas para que você possa crescer ainda mais.

Descubra as habilidade, descubra os padrões, perceba-os e ajuste para você.

Acredite, quando você coloca o seu melhor em algo que está funcionando, o resultado se torna incrivelmente poderoso.

 

Passo 05

Criação da estratégia

Você deve criar uma forma de colocar em prática tudo que aprendeu analisando, sendo que, quando esse passo para a modelagem não se faz presente, você tem apenas um acúmulo de informações nas mãos que não lhe servirá para absolutamente nada.

Crie seu processo de forma sistemática, passo a passo, determinando como e quando as novas habilidades serão implementadas.

Por exemplo, determine datas e horários para a nova prática, determine condições para a nova prática, como exemplo, “irei ouvir mais sempre que alguém quiser me explicar algo”.

Essa estratégia criada por você irá fazer com que você não volte ao modelo anterior, aquele que você não deseja mais ser.

 

Passo 06

Aprimorar os detalhes da modelagem

Enquanto a visão do processo é mais ampla, você tem um resultado limitado. Esse passo para a modelagem vai te aperfeiçoar no que é necessário.

Quando você começa a aprofundar nos detalhes do que precisa ser executado, mudado ou experimentado, tudo muda de figura e você se torna ainda mais hábil.

A magia do processo se encontra nos detalhes e não no processo “macro”.

A mudança de um detalhe pode melhor em mais de 100% o que já está bom.

 

Passo 07

Teste e medição do “Novo Modelo”

Agora que você já conhece como fazer, repita por um período determinado. Esse é o passo para a modelagem que te leva à maestria.

Por exemplo, fique se policiando para fazer dessa nova forma pelos próximos 3 meses e meça o resultado que está alcançando.

Essa medição pode ser através de ganho financeiro, ganho de tempo ou satisfação pela vida. Se esses pilares aumentarem significa que o modelo está funcionando como você merece.

Se esses pilares não aumentarem significa que você precisará fazer ajustes ou modelar alguém que faz de outra forma essa mesma coisa.

 

É muito comum as pessoas que você modela serem seus mentores de vida, pois elas lhe trazem respostas sobre algo importante que você ainda não havia conquistado.

 

O processo de modelagem está nas respostas que você busca através das perguntas que você faz à si mesmo. 

 

 

Quer entender como modelar uma Biomédica que usa a PNL em momentos de adversidade? Clique aqui. 

 

 

Deixe nos comentários o nome das pessoas que você modela e o que você aprende com elas.


Compartilhe esse post nas suas redes sociais

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Conheça os cursos online para começar agora

[TheChamp-FB-Comments]